Dicas de disposição dos móveis e objetos no ateliê - Layout

Vamos falar de layout! E organização, praticidade e "boniteza".

Pode parecer besteira, mas quanto mais gaveta, armário e espaço a gente tem, mais chances de guardar tranqueiras!
E essa é uma constante também no craftroom, principalmente em se tratando da bancada de trabalho.





Depois de ter um pouco de material em cada canto da casa - contei no primeiro post da série, lembra? - resolvi fazer uma oficina no quarto da Luiza, minha filha.
Montei uma bancada - essa ai em cima - de 2 metros onde deixava o note, a impressora e a máquina de costura sempre montados. Tudo visível e ao alcance das mãos!

Só que a teoria na prática é outra teoria, como diria meu pai...
Era assim: estava tudo arrumadinho. Ai eu começava a trabalhar. No final do dia estava tudo uma bagunça! E a bagunça permanecia por mais uns 2 dias até eu arrumar tudo novamente, para no final do dia estar tuuudo bagunçado de novo!
Isso porque a bancada era muito grande e, ou eu estava usando a máquina de costura ou o note, então, o que não estava sendo utilizado virava "cabide" de tecido ou apoio para materiais!

Ou seja, tenha uma bancada com tamanho suficiente para utilizar uma coisa de cada vez - ou a máquina, ou a base de corte, ou o note, etc.


Olha que boa de disposição dos móveis, além de linda:

01-quarto-vira-atelie-de-costura

O ideal é fazer um rascunho de como é a sua rotina de trabalho e a partir disso localizar cada móvel: mesas, armários, prateleiras, etc.
E pensar que enquanto a gente trabalha, as coisas saem do lugar. O ideal é todos os dias, ao final do dia, arrumar tudo.
É um problema pensar: "Ah, eu vou deixar assim mesmo porque amanhã tenho que terminar isso aqui."
O que acaba acontecendo é que por mais lindo que seja, seu craftroom vai estar sempre bagunçado, e bagunça não inspira ninguém, não é?

Se você já tem um craftroom e já passou por isso, conta aqui pra gente como é!

Até a próxima,



Fonte: foto da antiga oficina da Banana-cazza, Arte de Fazer Artesanato, Revista Minha Casa